Estudo de Caso
02.07.18

Reforço da participação e liderança política da mulher

O programa iniciado pelo Pro PALOP-TL de formação de mulheres, líderes e parlamentares, formadoras em liderança e participação política teve um impacto tremendo. O potencial para a replicação das formações a nível nacional com base nas trocas sul-sul é extraordinário e o potencial de impacto na base e junto às camadas mais desfavorecidas e deslocalizadas é real.

Um número relativamente reduzido de formadoras permitiu formar cerca de 80 mulheres, líderes a nível das comunidades de base, em Moçambique num período máximo de duas a três semanas. Essas mulheres formadoras, líderes e parlamentares nos PALOP, continuam a manter trocas e contactos entre si na base de pequenos projectos de promoção da participação na base e nas localidades que foram desenvolvidos aquando da formação de Bruxelas (Dez 2013). Estes pequenos projectos formam um programa integrado com potencial de impacto real e despoletamento de uma dinâmica transformadora na participação das mulheres a nível das localidades nos PALOP. As bases de referência, estratégia, indicadores e acções já foram identificadas em processos inclusivos e participados de planificação, apenas falta racionalizar esses inputs num programa com base em resultados orçamentado.