Cultura
19.09.19

Residência artística UPCycles: artistas emergentes dos PALOP criam novas narrativas para a Memória dos seus Países.

Financiada pela Fundação Calouste Gulbenkian, e com o apoio da Fortaleza de Maputo e do Camões – Centro Cultural Português, está a decorrer entre 7 de Setembro e 7 de Novembro deste ano a 1ª edição da Residência Artística UPCycles, uma iniciativa da Associação Amigos do Museu do Cinema (Moçambique).

Esta ação tem como objetivo o incentivo à criação artística, à mobilidade e ao intercâmbio entre artistas emergentes dos PALOP, em que os participantes serão orientados para a conceção e criação de obras multimédia que “reciclem” imagens do arquivo audiovisual destes países e proporcionem novas interpretações da História e da Memória, a elas associadas, criando novas narrativas.

O trabalho, que culmina com 4 dias dedicados à montagem de uma exposição, será acompanhado em regime de desenvolvimento à distância por duas tutoras principais e uma equipa técnica de apoio do projeto Museu do Cinema, que darão também suporte às propostas durante 10 dias dedicados à  sua montagem e finalização.

O apoio à Cultura fortalece a identidade dos povos, promove a inclusão social e é um importante motor da inovação e da geração de riqueza em setores como o turismo.

Fotos de Wilford Machili @Maputo CinemaFestival

Pode ver vídeos com os depoimentos dos artistas, participantes e tutoras em: https://www.facebook.com/pg/upcycles2019/videos/

Ou aceder ao site e ao Facebook da iniciativa em:

https://museucinemamoz.wixsite.com/upcyclespalop

https://www.facebook.com/upcycles2019

Acompanhe!